Aula de Roteiro 25 – Guerra das Armaduras – Parte 5

O Zap! HQ de volta com mais uma aula de roteiro e mais uma parte – a 5 ª – do arco Guerra das Armaduras, do Homem-de-Ferro.

“NEVE ESCARLATE”

ATO I

A história começa com os Vingadores da Costa Oeste querendo que o Homem-de-Ferro pare de enrolar e diga logo o que está acontecendo. Tony então faz um resumo do que aconteceu até agora. Segue o motivo pelo qual Tony está afastando-os:

Gavião Arqueiro: Por que não contou antes? A gente podia ajudar!
Tony: Justamente por isso, Gavião. A missão me tornou um criminoso e quase arruinou minha companhia. Não desejo o mesmo para vocês.

Gavião Arqueiro compreende, mas devido à associação do Homem-de-Ferro com os Vingadores, essas perseguições precisam parar. Tony nada diz e vai embora. Tony volta para as Indústrias Stark e Rhodes o espera com um helicóptero. A próxima parada é a URSS – na época, não tinha sido dissolvida em vários países menores – e lá terá que lidar com dois de seus clássicos inimigos: o Dínamo Escarlate e o Homem-de-Titânio.

Esse é o ponto de virada I. Moscou está acompanhando o que acontece com o Homem-de-Ferro e chama seus dois campeões para avisá-los de que o Homem-de-Ferro pode aparecer a qualquer momento.

ATO II

Porém, nem tudo são flores entre o Kremlin e eles. Durante a conversa vemos que o Homem-de-Titânio e o governo russo estão com um relacionamento desgastado. O Dínamo Escarlate terá que lidar sozinho com o Homem-de-Ferro, pois o Homem-de-Titânio recusa-se a resolver os problemas do governo. Depois que ele vai embora, ficamos sabendo que o governo russo pretende usar o Homem-de-Titânio como isca para o Homem-de-Ferro.

Em seguida vemos Tony e Rhodes fazendo os preparativos para ir até a URSS. Rhodes cuida de detalhes de transporte enquanto Tony está finalizando uma versão negra da armadura do Homem-de-Ferro. É durante a conversa que Tony diz a Rhodes que Zimmer está trabalhando em medidas preventivas de maneira que seja impossível outras tecnologias Stark vazarem.

Esse é o gancho I.

Na sequência, acompanhamos a viagem de Tony até a URSS e também conhecemos os planos do Homem-de-Titânio. Nesse momento vemos que o governo russo está monitorando as ações do Homem-de-Titânio de maneira a tirar o melhor proveito disso, sempre acompanhados do Dínamo Escarlate. Esse é o ponto central.

Rapidamente vemos o Homem-de-Ferro invadir o QG do Homem-de-Titânio, que está fora de sua armadura. Tony tenta impedí-lo de chegar à armadura, mas a interferência do Dínamo Escarlate atrapalha seus planos, iniciando-se imediatamente um combate. O Homem-de-Titânio chegando à sua armadura e iniciando o combate é o gancho II.

Tony decide então mudar de estratégia, sair dali e encarar o Dínamo Escarlate na tentativa de atrair o Homem-de-Titânio. Antes que este últmo apareça, Tony dá cabo do Dínamo Escarlate. Por pouco Tony não escapa de um ataque do Homem-de-Titânio, voltando a combatê-lo.

Quando Tony está prestes a usar o aparelho de pulso eletromagnético, o Homem-de-Titânio o destrói, deixando Tony sem muitas opções. Esse é o ponto de virada II, que obrigará Tony a achar alguma outra alternativa.

ATO III

O combate continua, mas sem muitos recursos, Tony apela para a força física, mas não dá muito certo. Até que tem a idéia de forçar os escudos térmicos do Homem-de-Titânio usando seus jatos plantares. A estratégia dá certo e o Homem-de-Titânio cai no rio com sua armadura bastante danificada. Bem sucedido, Tony escapa das autoridades russas. Enquanto isso, nos EUA, ficamos sabendo que Cord tem um projeto secreto chamado “Poder de Fogo” que lidará com o Homem-de-Ferro de forma perfeita – segundo eles, claro.

Já nos EUA, Tony tem uma reunião com os Vingadores. A invasão da URSS feita por Tony causou sérios problemas para a equipe, que não tem outra alternativa a não ser expulsá-lo da equipe, terminando este capítulo.

Este capítulo serve para 3 propósitos. Depois do suspense do capítulo anterior, o capítulo 5 seria de mais ação, mais porrada, dando uma adrenalina a mais na série. Além disso, é o primeiro momento em que Tony quebra a barreira das leis internacionais, o que traria mais problemas a ele em outro arco futuro. Por último, a mote básico desse capítulo teria que fazer com que Tony não fosse mais um Vingador, refletindo mudanças editoriais tanto na revista o herói quanto na da equipe, objetivos traçados pela Marvel na época.

Tudo isso é feito de maneira que ainda mova a história adiante, sem perder o foco ou descaracterizar a proposta. Aguarde ainda as partes restantes de Guerra das Armaduras nas próximas aulas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: