Aula de Roteiro 23 – Guerra das Armaduras – Parte 3

Eis que voltamos para a análise de mais um capítulo de Guerra das Armaduras, clássico arco entre as histórias do Homem-de-Ferro.

“O ÚLTIMO MANDRÓIDE”

ATO I

Começamos já de cara com um combate entre o Homem-de-Ferro e o Besouro, clássico inimigo do Homem-Aranha, durante um leilão de caridade entre ricaços. Tony evita que o Besouro coloque em risco a vida de pessoas, mas atrapalha o evento, além de causar estragos no local e em peças muito caras. A polícia exige que o Homem-de-Ferro se entregue, coisa que ele recusa, indo embora sem que os policiais nada possam fazer. O lado bom é que a armadura do Besouro foi neutralizada.

A necessidade dramática de Tony aqui ainda é a busca por uso de tecnologia Stark não-autorizada, mas ele está determinado a não causar mais estragos para ninguém e, principalmente a si mesmo.

O ponto de virada I ocorre quando os Vingadores entram em contato novamente.

ATO II

Gavião Arqueiro e Harpia pressionam Tony novamente e mais uma vez ele recusa ajuda.

Ao chegar nas Indústrias Stark, Tony depara-se com mais processos e publicidade negativa, mas o pior não é isso. O pior é o evento do gancho I. É a Shield, com Nick Fury em pessoa querendo falar com Tony. Querem a ajuda dele para capturar seu ex-funcionário, o Homem-de-Ferro. Tony concorda em participar, mas de uma maneira que engana Fury. É essa trapaça o gancho I, que lhe causará mais problemas páginas adiante.

No mesmo dia – a busca foi marcada para começar no dia seguinte – Tony mais uma vez tenta relaxar ao entrar em contato com mais uma possível paquera. O passeio começa de forma agradável, porém mais uma vez as circunstâncias obrigam Tony a interromper seus momentos de diversão. Na manhã seguinte a busca pelo Homem-de-Ferro inicia-se. Esse início de busca é o ponto central, que ajudará a elaborar o ponto de virada II mais para frente.

Tony havia passado a madrugada com Rhodes instalando medidas contras os guardas de armadura da Shield. Alguns são neutralizados, mas menos do que Tony esperava. Esse é o gancho II. Com mais guardas de armadura ativos do que o previsto, Tony iniciará um combate que pode complicar mais ainda sua vida. O combate prossegue até que Tony cuida do último guarda. Essas armaduras da Shield contém tecnologia Stark e ao anular a última delas ocorre o ponto de virada II. Tony foi obrigado a cuidar delas para que nenhum vilão se apossasse de uma delas mais para frente.

ATO III

Fury, Tony, Rhodes e agentes da Shield começam a analisar o combate para ver se há pistas que levem à captura do Homem-de-Ferro. Tony finge que achou um grampo nos equipamentos da Shield, “botando a culpa” na organização de espionagem de que há um traíra entre eles e que foi dessa forma que o Homem-de-Ferro ficou sabendo quando iriam atacar, dando tempo a ele de plantar as medidas preventivas que inutilizou as armaduras da Shield.

Ao voltar para as Indústrias Stark, Tony dá de cara com Steve Rogers, o outrora Capitão América – nessa época ele tinha acabado de trocar seu uniforme pelo de Agente Americano, pois seu uniforme e patente havia sido retirado pelo governo americano em suas histórias solo – pedindo ajuda para que Tony construa um novo escudo para ele.

Tony continua conseguindo realizar sua necessidade dramática, mas os preços a serem pagos continuam aumentando. Tony está afundando, sabe disso e não tem idéia de como evitar. A aparição do Capitão América no final deste capítulo é essencial para o começo do próximo, coisa que veremos na próxima aula.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: