Aula de Roteiro 05

COLOCANDO O PARADIGMA EM PRÁTICA – ANÁLISE

Relembrando a Apresentação (Ato 1): “Alguém, em algum lugar, fazendo (ou querendo fazer) alguma coisa”.

Usando o filme Matrix (porque só o primeiro importa, opinião pessoal) e tendo a frase que define o Ato 1 em mente, temos: “Thomas Anderson, funcionário de uma grande empresa de softawares e hacker nas horas vagas que atende pela alcunha de Neo (alguém), em uma cidade grande dos dias de hoje (em algum lugar), querendo saber o que é a Matrix e por que um suposto terrorista internacional (o querendo fazer alguma coisa) conhecido como Morpheus está atrás dele”.

Ponto de Virada 1: “Evento na estória que muda seu rumo, atrapalhando os objetivos da personagem principal, fazendo com que tenha que resolvê-los de uma maneira ou de outra antes de conseguir o que quer”

Em Matrix, seria: “Neo decide saber a verdade, tomando uma das pílulas que Morpheus lhe mostra”.

Essa cena é o Ponto de Virada 1. Tudo de estranho está acontecendo com Neo. Ele se vê no meio de uma conspiração e fica em dúvida se deve seguir em frente ou cair fora o mais rápido que pode. Várias coisas são apresentadas a ele, através dos Agentes e através de seu encontro com Morpheus. Ele precisa pesar o pouco que sabe e tomar alguma decisão. “Personagem é aquele que faz, não aquele que fala” – falarei sobre essa frase quando chegar as aulas de criação de personagens.

Se Neo decide cair fora, não tem estória. Ele não fica sabendo de nada. Se ele decide – e é o que acontece – saber a verdade, ele entrará em um mundo que jamais imaginou, tendo que arcar com responsabilidades que ele nem sequer sabe que existem.

Ato 2: Entre os Pontos de Virada 1 e 2, temos a Confrontação (Ato 2), que é onde a personagem principal enfrentará todos os obstáculos decorrentes do que ocorre no Ponto de Virada 1.

No caso de Matrix, Neo imediatamente começa a aprender sobre o verdadeiro mundo real, o que é a Matrix, a situação da Humanidade, passa por um treinamento, consulta-se com a Oráculo em busca de iluminação, entre outros detalhes que ele precisa superar/tomar conhecimento para resolver o problema que conseguiu.

Ponto de Virada 2: “Evento na estória que muda seu rumo mais uma vez, sendo que agora ajuda  – ou não, em casos de finais tristes – a personagem principal a atingir seus objetivos, resolvendo – ou não – todos os seus problemas”

Com Morpheus nas mãos dos Agentes, Neo tem que decidir se fica à salvo na nave Nabucodonosor ou se entra na Matrix para uma impossível tentativa de resgate. Morpheus conhece a senha para entrar em Sião, a última cidade humana. Ele não resistirá muito tempo na mãos dos Agentes e suas cruéis técnicas de interrogatório. O tempo urge. Ele precisa tomar alguma decisão. Ele precisa fazer algo. E ele faz: escolhe salvar o amigo, que é mais importante que ele, já que a Oráculo tinha lhe dito que ele não era O Escolhido e que Morpheus é o homem que achará o verdadeiro Escolhido – além de ter a já comentada senha de Sião, claro.

Resolução: É o pedaço do roteiro que mostra as consequências de todas as decisões – boas ou ruins – tomadas pela personagem principal; fechando todas as pontas soltas.

Devido à decisão tomada no Ponto de Virada 2, Neo acaba tendo que passar por obstáculos que ninguém jamais tinha enfrentado. Sua determinação em salvar o amigo é tão grande que ele precisa entender definitivamente as leis da Matrix de forma a ter alguma chance, mesmo que remota, contra os Agentes. E ele consegue esse entendimento a ponto de todos perceberem que ele é realmente O Escolhido. Ele salva Morpheus, derrota os Agentes e manda um recadinho para a Matrix.

FIM

(ou deveria, já que o sucesso subiu á cabeça dos irmãos Wachowski, se empolgaram, esqueceram do roteiro e fizeram Matrix Reloaded e Matrix Revolutions)

Observe como o esquema do Paradigma é montado na imagem abaixo seguindo a estrutura de Matrix. Basta apenas clicar nela:

Difícil? Nem tanto, não é?

Exercício proposto: assista a filmes. Leia quadrinhos e livros. Assista suas séries preferidas. Monte a linha do tempo e tente identificar a estrutura. Quem é a personagem principal e por que? O que está tentando realizar? Quais são os Pontos de Virada? Como acaba? Qual é a grande transformação pelo qual as personagens passam? Responda essas e outras perguntas – elas sempre surgem – e você terá uma idéia de como tudo é estruturado antes que qualquer cena seja descrita, qualquer diálogo seja posto na boca das personagens.

Vejo vocês na próxima.

Anúncios

2 Responses to Aula de Roteiro 05

  1. BozoDel says:

    só o primeiro importa!!

  2. alves filho says:

    descobri o site um dia atrás e já sou fã de carteirinha!as aulas de roteiro são muito boas, parabéns a todos os envolvidos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: