Novo e-mail de contato do Zap!HQ

Comunicamos que recentemente o e-mail do editor-chefe e principal roteirista, Emílio Baraçal, foi provavelmente hackeado. Embora recuperado e limpo, o e-mail não será mais usado para contato de interesses do Zap!HQ por questões de segurança mútua. Em outras palavras, segurança tanto do Emílio quanto de quem envia e-mail para ele.

Dessa forma, o novo e-mail de contato com o Zap!HQ é:

contato.zap.hq@gmail.com

Quem já enviou amostras de trabalho para o Zap!HQ, por favor, envie novamente, desta vez, para o e-mail acima. Pedimos essa medida apenas para melhor organização. Aproveitamos para frisar que aceitamos APENAS páginas. 05 páginas são o suficiente para nos mostrar do que você é capaz.

Apenas para relembrar, temos vagas para desenhistas, arte-finalista, coloristas e letristas.

Mais detalhes sobre como enviar seus trabalhos, favor ler os seguintes comunicados:

https://zaphq.wordpress.com/2009/07/28/mostrando-trabalhos/

https://zaphq.wordpress.com/2009/07/29/equipe-atual-e-o-que-buscamos/

Obrigado.

Anúncios

Anarquia model-sheets: Anarquia

Cópia-de-Anarquia_complete_finalANARQUIA é o principal título dos quatro em desenvolvimento pelo Zap!HQ e agora são reveladas os model-sheets de Cynthia França.

O conceito de ANARQUIA segue o pensamento de um país onde a corrupção beira ao absurdo sem que ninguém possa – ou queira – fazer nada, uma figura, conhecida como Anarquia, surge para levar justiça aos corruptos e esperança ao povo.

ANARQUIA é sobre como o povo brasileiro é impotente perante as autoridades brasileiras e em como as pessoas se contentam com tão pouco devido a uma realidade dura e que dá três tapas na cara a cada um que a pessoa consegue desferir. O povo é constantemente acuado por leis antigas e que favorecem os mais poderosos, autoridades corruptas e falta de oportunidades para subir na vida.

Anarquia é uma desconhecida mulher mascarada que investiga a nata sócio-econômica, em busca de provas de desvios de dinheiro, caixa dois, favorecimento legislativo e outros fatos de abuso de poder, fazendo quem está na base da pirâmide social sofrer mais. Ela divulga essas provas ao mundo, criando uma inversão de papéis, onde os predadores passam a ter medo do que as outrora presas agora podem fazer ao ter alguém como Anarquia ao seu lado.

Naturalmente, a elite não irá ficar parada enquanto não tirá-la de circulação.

A personagem principal de ANARQUIA é uma jovem cuja vida tem sido manipulada por certas autoridades com razões obscuras. Quando descobre que sua vida nunca foi na verdade dela, a heroína se engaja em um idealismo onde investigará os podres e corruptos a fim de revelar ao povo tudo de sujo e ruim que as autoridades fazem com aqueles que verdadeiramente movem o país com seu dinheiro suado e honesto.

O quarto capítulo está sendo discutido entre os roteiristas Emílio Baraçal e Carlos Eduardo Corrales. Os três primeiros já estão escritos. Só o primeiro capítulo chegou a ter 23 versões. O primeiro arco terá oito capítulos. Nos desenhos, Cynthia França acabou os esboços e model-sheets dos personagens. Em breve, ela já começa a desenhar as páginas do primeiro capítulo.

O ZAP!HQ ainda busca desenhistas, arte-finalistas, coloristas e letristas para os outros títulos do projeto. O time de roteiristas já está fechado.

Para saber detalhes do projeto e sobre como enviar amostras de sua arte, entre em contato com emiliobaracal@gmail.com.

Os outros títulos do mesmo universo se chamam Os Bandeirantes, Cosmos e Arkanus.

Emílio Baraçal tem 30 anos de idade, mora em Santos, litoral de São Paulo, está no mercado de comunicação, nas áreas gráfica e áudio visual desde 1995. Atua com roteiros desde 1996 e é graduado em diversos cursos na Quanta Academia de Artes, em São Paulo, capital. Traduziu roteiros durante um tempo para a Glass House Graphics Brasil, agência de quadrinhos norte-americana. Escreveu sobre cinema – entre artigos, biografias e críticas – música e comportamento para os extinto site A ARCA (como fixo) e o extinto portal AOL, o portal Uol (esporadicamente nos dois últimos). Ministrou cursos de desenho para o SESC – Santos, ABRA (Academia Brasileira de Arte), Escola Oficina de Artes e diversos cursos e oficinas rápidas tanto de desenho quanto de roteiro para as prefeituras de Santos e São Vicente. Atualmente, além de criar o curso de Roteiro para Cinema, TV, HQ, Teatro e Literatura da Tecnoponta Treinamentos, desenvolve conceitos de séries de HQs para serem publicadas por editoras da área.

Carlos Eduardo Corrales tem 30 anos, mora em São Paulo, na capital, e é formado em Publicidade e Propaganda pela ESPM e em Jornalismo pela PUC-SP. Atuou como publicitário por dois anos, mas por alguns problemas ideológicos com a área, acabou virando jornalista. Criou há seis anos o Delfos (http://www.delfos.jor.br), o maior site nerd de jornalismo parcial reflexivo do mundo, para ter a possibilidade de exercitar uma forma de jornalismo até então inédita no Brasil, com textos opinativos e pessoais, algo entre o jornalismo literário e o gonzo. Seu primeiro contato com a criação de roteiro foi um filme de terror que roteirizou com o colega de Delfos, Carlos Cyrino. Devido à sua visão política ímpar, demonstrada em alguns de seus textos no Delfos, Emílio Baraçal o convidou para fazer parte do ZAP!HQ. Após o convite, fez um curso relâmpago de roteiro com Emílio e já teve que encarar o desafio de roteirizar sozinho o terceiro capítulo.

Cynthia França tem 26 anos, mora em Recife, capital de Pernambuco, e é desenhista e designer. Faz atualmente muitos trabalhos freelancer mas também é fixa em uma agência. Atualmente, é aprendiz de colorista e quadrinhista. Tem uma graduação com láurea em Artes Plásticas pela Universidade Federal de Pernambuco. Evangélica convicta, mas não fundamentalista, defende a máxima “cristãos também podem ser nerds”.

Anarquia model-sheets: Adriana Katsumoto

Cópia-de-Adriana_complete_finalChegou a hora da personagem principal de ANARQUIA, a jovem Adriana Katsumoto, através da inspirada Cynthia França.

Adriana não sabe o que fazer da vida. Ela não sabe que carreira quer seguir. Seu pai anda estranho e sua mãe quase nunca esteve por perto devido ao coma em que se encontra desde que a menina tinha cinco anos de idade.

Entretanto, estranhos e recentes eventos fazem com que Adriana seja obrigada a traçar um penoso e inesperado caminho. Um caminho que pode fazê-la bater de frente com os ricos e poderosos. Quem ela irá se tornar?

Anarquia model-sheets: Caolho

Cópia-de-Caolho_complete_finalMais outro personagem de ANARQUIA dando as caras por aqui. Veja Caolho, através da linda arte de Cynthia França.

O homem cujo apelido é “Caolho” guarda não só seu nome, mas sua vida em segredo. Ex-militar brasileiro paranóico com teorias de conspiração, ele sabe de muitos podres que ocorrem nos bastidores do poder. Caolho servirá de inspiração para Adriana Katsumoto – a personagem principal – criar um rumo totalmente inesperado em sua vida.

Há um motivo obscuro para ele aparecer na vida de Adriana. Um motivo que será o início de uma outra vida.

Anarquia model-sheets: Major Matheus Katsumoto

Cópia-de-Matheus_complete_finalMais um model-sheet de ANARQUIA, no traço de Cynthia França. Dessa vez é o major Matheus Katsumoto, pai da personagem principal da série.

Um descendente de japoneses criado à moda antiga, Matheus é bem rígido e tradicionalista. Faz parte de um grande e secreto projeto de defesa do exército brasileiro. Porém, o que acontece quando tal projeto consome sua família? É apenas senso de dever ou sentimento de culpa?

Sentindo-se sozinho devido ao estado de coma que sua esposa, Célia, se encontra, o elo mais forte que Matheus tem com uma família é sua filha, Adriana e ele não deixará que nada aconteça a ela.

Anarquia model-sheet: Marcelo Tavares

Cópia-de-Marcelo_complete_finalContinuando com as novidades de ANARQUIA através do belo traço de Cynthia França, apresentamos Marcelo Tavares, o amigo hacker da personagem principal.

Marcelo é o típico nerd viciado em séries de TV, quadrinhos, desenhos animados, cinema, RPG e afins. Dono de um humor afiado e cínico, é provocador e caótico ao mesmo tempo que possui um coração de ouro. Suas habilidades no campo de informática serão valiosíssimas para Anarquia.

Mas será que é só isso entre os dois?

Anarquia model-sheet: Alexander McNamara

Cópia-de-McNamara_complete_finalEis que surgem as primeiras artes de ANARQUIA, pela magnífica Cynthia França.

O personagem em questão é Alexander McNamara, um ferrenho homem de negócios, dono de um conglomerado de notícias, como sites, TVs, jornais e rádios. Seu falecido pai, um inglês e sua falecida mãe, uma brasileira, ele sempre viveu em meio a dois mundos completamente diferentes.

Um dos homens mais ricos e poderosos da América do Sul, ninguém mantém tal status sem criar inimizades. Que tipo de segredos esconde McNamara?